De amigosarmacao a 11 de Agosto de 2009 às 19:47
Caro anónimo nós somos um todo e não um só, não adianta falar de coisas que desconhece, falamos do bem comum que é a nossa praia.
Devo também informá-lo que a Sra. Tânia Oliveira nem casa tem...

No entanto não vive no anonimato...

Cumprimentos,

Amigos de Armação

De Tânia Oliveira a 13 de Agosto de 2009 às 00:16
O trabalho é amor tornado visivel.
E se não sabeis trabalhar com amor,só com desgosto,melhor é que deixeis o trabalho e vos senteis á porta do templo,recebendo esmola dos que trabalham com alegria.
"O profeta"-Kahlil Gibram

Caro anónimo,estas palavras são possivelmente a única explicação para a errada ideia que tem em relação à minha falta de ocupação .
Em relação ao licenciamento do "apoio de praia",estou disposta,quando for de sua vontade,a falar-lhe pessoalmente.O assunto é longo e o seu anonimato é pura ilusão.
Eu quando não estou a trabalhar ,estou a trabalhar ,mas por uma boa causa arranjo sempre um tempo.
Ando sempre por ai,cruzamo-nos com alguma frequência,com um pouco de coragem tudo se resolve.
O anonimato não dignifica em nada o ser humano.
Cumprimentos.
Tânia Oliveira